Grazing table, a evolução das tábuas de frios

O médico e gourmet Marcos Frank fala do conceito e explica como montar uma tábua de frios


0
Foto: Divulgação / Ilustrativa

O conceito das mesas estilo Grazing Table, é muito antigo, e iniciou-se na época dos Romanos, século I a.C. com mesas fartas, alegres, coloridas, recheadas de frutas, carnes exóticas, peças decorativas e muitas flores e folhagens.

Na era renascentista, este estilo foi bem presente, adicionando peixes, legumes e sobremesas a mesa do evento. Alguns historiadores relatam que alguns elementos na mesa, é retratado com forma do desejo, ostentação, mas que pode ou não ter participado do momento.

Por volta de 2017, este estilo de mesa voltou com o nome: Grazing Table, e com algumas mudanças, que se tornou uma grata novidade, onde se quebrou o padrão de mesas politicamente corretas, para uma nova realidade, com comidas e decorações por todo lado, sem regras, sem etiquetas, mesas com apelo ao natural, a comfort food e ao aconchego.

Atribuímos a Austrália este estilo, pois foi por lá que tivemos a sua retomada, esta que foi difundida ao redor do mundo, até o momento.

Com a evolução deste estilo, podemos facilmente ter inesquecíveis eventos desde um Chá de Bebê a lindos Casamentos, e decoração com apelo ao natural e que está muito em alta!

Medico e gourmet Marcos Frank fala sobre culinária nas sextas-feiras no quadro “Direto Ao Ponto” (Foto: Divulgação)

A grosso modo, grazing table significa comida espalhada, esparramada em uma superfície – geralmente uma tábua de madeira. Não tem limi­te de tamanho e serve algo mais do que queijos e embutidos.

Prioritariamente, oferece itens frios ou em temperatura ambiente, valen­do qua­se tudo: quiche, frutas, geleias, pa­tês, molhos, mel, cremes, flan, che­esecake, torta salgada. Sem esquecer que a comida deve ficar a alcance de todos que compartilham a mesa.

Na Austrália e nos EUA, esse conceito é bastante apreciado por oferecer vantagens como: não necessita interromper o happy hour para repor ou preparar novos pratos, não suja muita louça, e oferece uma alimentação dinâmica e divertida aos convidados.

Como montar tábua de frios

Ingredientes da tábua
* Três tipos de queijo (brie, gouda e gorgonzola)
* Salame italiano e lombinho
* Três tipos de castanhas (noz pecã, castanha de caju e amêndoa salgada – 50 gramas de cada)
* Dois tipos de tomates pequenos (um amarelo e outro vermelho)
* Amoras (poderiam ser framboesas ou mirtilos ou morangos)
* Pepino japonês em rodela
* Azeitona sem caroço (coloquei num potinho com azeite e pimenta rosa)
* Uvas (você escolhe se vai ser verde, preta ou rosada, dependendo das cores da sua tábua)
* Bolachinhas de arroz (não tem glúten)
* Grissinis integral com linhaça
* Molho de iogurte com páprica picante
* Alecrim para decorar

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui