Grêmio iguala maior série de derrotas nos pontos corridos e tem pior início desde ano de rebaixamento

Em 2021, equipe tinha três pontos em 9 jogos. Revés no Gre-Nal fez o Tricolor chegar a seis derrotas seguidas, marca que atingiu em 2004, ano do segundo rebaixamento


0
FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O 1 a 0 sofrido para o Inter, no Gre-Nal do último sábado, fez o Grêmio chegar a seis derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro. Para o Tricolor, na era dos pontos corridos, essa marca só foi registrada na edição de 2004, que terminou com o rebaixamento do clube para a Série B. A atual arrancada, embora melhor, também remete ao início de 2021, quando o Tricolor caiu recentemente.

A campanha atual de seis pontos em nove jogos faz a equipe reviver anos dolorosos dentro de campo. O histórico de seis derrotas seguidas espelha a campanha de 2004. Ainda assim, com nove jogos naquele ano, o Tricolor nem sequer estava na zona do rebaixamento, era o 15º colocado com 10 pontos, em um campeonato com 24 times. Enfileirou as derrotas já na reta final daquele Brasileiro.

O cenário em pontuação está superior ao vivido em 2021, edição do último rebaixamento, quando Grêmio fez apenas três pontos nos nove primeiros jogos. Mas é o pior desde então.

Hoje, com duas partidas em atraso, o Grêmio tem duas vitórias e sete derrotas – seis destas consecutivas. Tem, portanto, o dobro de pontos conquistados no ano do rebaixamento mais recente. Embora acima, a campanha faz lembrar aquela arrancada ruim, ainda muito viva na memória dos gremistas.

No Brasileirão de 2024, o Tricolor tem duas vitórias, diante do Athletico e do Cuiabá, na segunda e terceira rodadas respectivamente. Os dois jogos aconteceram na Arena, antes da enchente atingir o Rio Grande do Sul e impossibilitar o clube de mandar jogos em seu estádio.

Desde o retorno aos gramados após a paralisação do campeonato, o Grêmio entrou em campo oito vezes, três pela Conmebol Libertadores, com duas vitórias e um empate. Os resultados deram ao Tricolor a classificação para as oitavas de final da competição, contra o Fluminense, em agosto.

– Tenho acompanhado os outros times, muitos em uma sequência de derrotas. Uma hora essa maré tem que acabar. O Brasileiro é perigoso. Mas lembro do ano passado que todo mundo criticava e o Grêmio foi vice do Brasileiro. A gente tem que voltar a vencer. Trabalhamos para isso. Mas no momento não tem sido possível – avaliou Renato Portaluppi após a derrota no Gre-Nal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui