Grêmio realiza treinos de força e potência no CT Luiz Carvalho

"A gente sabe que, voltando aos poucos, temos que dar o nosso máximo", diz o meio-campista Patrick.


0
Foto:Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A semana dos últimos treinamentos físicos de base chega à metade. Na manhã desta quarta-feira (27), os 18 jogadores dos grupos D, E e F fizeram treinamentos de força e potência e foram elogiados pela preparação física tricolor.

Cada grupo se apresentou em um horário diferente, a começar pelo D, que chegou ao CT às 8h. Depois da aferição de temperatura e avaliações clínicas, os atletas foram para o gramado, onde a atividade começou às 8h30. Na sequência, às 9h10, foi a vez do grupo E, enquanto o último do turno iniciou o trabalho às 9h45.

A primeira atividade foi a chamada “tração”, na qual o jogador veste uma cinta presa por uma borracha e amarrada a um segundo atleta e precisa cumprir um trajeto, aplicando a máxima velocidade possível. Durante o treinamento os jogadores mantiveram a distância exigida no protocolo sanitário seguido pelo Clube. Depois, os grupos trabalharam saídas em velocidade e agilidade, passando por estacas e obstáculos – com foco na potência, conforme explica o preparador físico Márcio Meira.

“Fizemos um trabalho de força com velocidade, gerando potência, e os jogadores foram bem capazes de fazer o exercício. Eles acabaram bem, dentro do ritmo que foi pedido. Estou muito satisfeito com o rendimento dos atletas nessa semana”.

Quem conversou com a assessoria de imprensa nesta manhã foi o meio-campista Patrick, que faz uma avaliação dos treinamentos físicos aplicados nessas quatro semanas de treinamentos, que servem para deixar o grupo em condições de disputar a maratona que virá com a retomada das competições.

“O retorno foi bem forte. A gente sabe que, voltando aos poucos, temos que dar o nosso máximo. Estamos todos focados, fazendo os trabalhos passados pela preparação física e fisiologia. Nós não estamos muito acostumados com os treinamentos somente físicos, mas nos empenhamos da melhor forma, sabendo que logo podemos jogar de novo. Serão muitos jogos e todos têm que estar preparados”, afirma. AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui