O Grêmio terá tempo para trabalhar após a eliminação no Campeonato Gaúcho, para o Novo Hamburgo, no último domingo. Com apenas dois compromissos em um período de 20 dias, o Tricolor só terá pela frente nas próximas duas semanas o Guarani-PAR, na Arena, nesta quinta-feira, às 21h45 e o Deportes Iquique, no Chile, na próxima próxima quarta-feira (03), em Calama.

Como a estreia do Grêmio no Brasileirão – próximo duelo do time após os compromissos pela Libertadores – será no dia 14/05, contra o Botafogo na Arena, o Grêmio passará por um longo período de treinamentos entre os dias 3 e 14. Cogita-se a marcação de amistosos para exercitar a equipe.

O planejamento do Grêmio nesta semana conta com treinamentos, além desta quarta-feira, na sexta, sábado com almoço obrigatório e domingo. Segunda-feira o time viaja para o Chile, para encarar o Deportes Iquique.

Para o duelo de amanhã, Renato Gaúcho não poderá contar com Edílson, que recupera-se de lesão muscular na coxa esquerda. Sem o lateral-direito, a tendência é que Léo Moura entre na posição e o garoto Arthur, fique ao lado de Maicon como volante. Outra opção é a entrada de Barrios no ataque. Nesta hipótese, Luan é recuado para a função de Léo Moura. Fernandinho, com problema no tornozelo, e Gastón Fernández, com desconforto muscular, também ganham tempo para recuperarem as melhores condições e ficarem à disposição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui