Grupo de pesquisa da Univates, em parceria com a Ufrgs e a UFOP, recebe prêmio no Congresso Gaúcho de Psiquiatria

Equipe das instituições apresentou trabalho científico relacionado à área de neurociências


0
Foto: Augusto-Cezar-Sartori/Maffini/Divulgacao
Foto: Augusto-Cezar-Sartori/Maffini/Divulgacao

O Centro de Pesquisa Translacional de Transtornos de Humor e Suicídio (CEPETTHS), do Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas (PPGCM) da Universidade do Vale do Taquari – Univates, liderado pelo professor Flávio Shansis, foi premiado, no dia 16 de outubro, como o 2º melhor trabalho na área de neurociências no XV Congresso Gaúcho de Psiquiatria. O projeto foi apresentado no evento pelo aluno do 11º semestre do curso de Medicina e bolsista de iniciação científica Augusto Cezar Sartori Maffini.

 

O trabalho apresentado, intitulado “O modelo de bulbectomia olfatória pode mimetizar Transtorno Depressivo Maior e Transtorno Bipolar? Uma revisão sistemática e metanálise”, foi desenvolvido por meio de uma parceria entre pesquisadores do CEPETTHS, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

 

A fontes de fomento para esta metanálise são da Fundação Univates e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs), por meio do Edital Fapergs 04/2019, e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O CEPETTHS se concentra em avançar o conhecimento científico sobre aspectos pré-clínicos e clínicos dos transtornos do humor, especialmente o suicídio. A partir de modelos pré-clínicos, várias hipóteses podem ser levantadas sobre mecanismos de doenças e também sobre tratamentos em seres humanos.

No estudo, os autores procuram saber se um modelo específico (a bulbectomia olfatória) realizado em animais (ratos ou camundongos) pode, de fato, mimetizar a depressão e o transtorno bipolar, que são transtornos psiquiátricos que ocorrem em seres humanos. Para isso, realizaram uma pesquisa com o objetivo de conhecer o estado das pesquisas realizadas na área e registradas na literatura científica.

Além do professor Shansis, investigador líder, o grupo conta com a participação da dirigente de pesquisa Alana Castro Panzenhagen, bióloga e doutoranda em Ciências Biológicas – Bioquímica na Ufrgs. O trabalho premiado foi desenvolvido em parceria com os professores Roberto Farina de Almeida (UFOP) e José Cláudio Fonseca Moreira (Ufrgs). Também se dedicaram ao projeto estudantes de graduação em Medicina da Univates que foram bolsistas de iniciação científica da Fundação Univates.

Nominata dos autores do trabalho

Augusto Cezar Sartori Maffini; Eliege Bortolini; Hanny Kirszenworcel Pereira; Isabel Christina de Carvalho Cyrne; José Claudio Fonseca Moreira; Roberto Farina de Almeida; Alana Castro Panzenhagen; Flávio Milman Shansis. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui