Grupo do interior de Marques de Souza mantém viva a tradição do Terno de Reis na região

Conforme eles, há dificuldade de se renovar e manter essa expressão da fé cristã viva com as mudanças geracionais


0
Foto: Tiago Silva

A Tradição do Terno de Reis, que celebra o Dia dos Reis Magos, comemorado nesta quinta (6), foi destaque do programa Panorama. Os apresentadores Aline Silva e Fabiano Conte bateram um papo com os os integrantes do grupo de Terno de Reis de Tamanduá, um distrito do município de Marques de Souza.

Iracema Lucian, Valdir Lazzaron, Quintino Rossetti e Edelurdes Rossetti falaram sobre o que representa essa tradição, contaram como se organizam para as visitas às casas no interior, detalharam a forma como são recebidos e a emoção que sentem, e também lamentaram que as novas gerações não têm levado à frente essa atividade.

Conforme eles, há dificuldade de se renovar e manter essa expressão da fé cristã viva com as mudanças geracionais. Os jovens participam um ano ou dois anos e desistem, dizem.

A tradição é de origem portuguesa e chegou ao Rio Grande do Sul com os açorianos que desembarcaram no estado no século 18. A cantoria no Terno dos Reis começa diante da casa visitada pelos músicos e porta-estandartes. Se o morador concorda com o canto, abre a porta e convida o mestre e seus cantadores para entrar.

 

O grupo de Terno de Reis de Tamanduá começa a partir das 20h e vai até às 3h ou 4h da madrugada. Geralmente eles são recepcionados com vinho, cachaça e petiscos. No público-alvo, dão um olhar especial aos mais idosos e pessoas com problemas de saúde.

No momento da chegada, até a entrada na casa, o grupo canta em ritmo de xote. No Panorama, mostraram para a audiência algumas das músicas que apresentam pelo interior.

O Dia de Reis, em 6 de janeiro, é a data aceita pelo cristianismo como a que os Reis Magos alcançaram Jesus Cristo após seguir a estrela que anunciou seu nascimento.

Os magos partiram do Oriente no dia 25 de dezembro, após receberem a notícia de que o Rei dos Judeus havia nascido através do brilho de seu astro no céu. Magos, na época, era uma denominação dada aos sábios ou eruditos nas nações orientais.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui