Guarda-corpos de pontes aguardam por reparos após acidentes

Na ERS-130 em Lajeado estrutura está danificada há dois meses.


0
Ponte sobre o Arroio Saraquá, na ERS-130 em Lajeado (Foto: Joel Alves / Arquivo)

Pelo menos duas pontes aguardam reparos após acidentes de trânsito ocorridos recentemente em rodovias do Vale do Taquari.

Nesta quarta-feira (23) completam-se dois meses em que o guarda-corpo da ponte sobre o Arroio Saraquá, na ERS-130 em Lajeado está, em parte, danificado. A estrutura foi prejudicada na madrugada de 23 de outubro quando o condutor de um automóvel Vectra perdeu o controle da direção e colidiu contra a mesma, no km 69. Uma corda foi estendida no local. A ponte, em pista simples, é bastante utilizada por pedestres, grande parte trabalhadores na BRF, que fica nas imediações. De acordo com o Pelotão Rodoviário da Brigada Militar de Cruzeiro do Sul a responsabilidade pelo conserto é da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) de Encantado. Aguardamos uma posição da concessionária.

Outro local que aguarda recuperação em estrutura semelhante, é a ponte sobre o Arroio Forquetinha, no km 339 da BR-386, na divisa entre os município de Lajeado e Forquetinha, também em local de pista simples. No referido ponto, parte do guarda-corpo ficou destruído no dia 5 de dezembro após a colisão frontal entre dois caminhões. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF) quem deve fazer este reparo é a concessionária CCR ViaSul.

A CCR informa que a previsão de início do reparo é para a primeira quinzena de janeiro. Ainda, que neste momento a obra está em fase de licitação, contudo, o local está sinalizado, inclusive com placas de limite de velocidade de 60 km/h. MS

Ponte sobre o Arroio Forquetinha, na BR-386 (Foto: Marcio Steiner / Arquivo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui