Guilherme Cé deve deixar a Secretaria da Fazenda de Lajeado

Economista alega desgaste e motivos pessoais; mudança é projetada para o segundo semestre


0
Guilherme Cé, secretário da Fazenda de Lajeado (Foto: Rodrigo Gallas)

O secretário da Fazenda de Lajeado, Guilherme Cé, deve deixar o cargo de titular da pasta no segundo semestre deste ano. A informação foi confirmada em entrevista à Rádio Independente nesta quinta-feira (12). “Sendo bem franco, é algo que deve acontecer nos próximos meses. Já conversei com o prefeito e a vice para fazer isso da melhor forma possível para o município”, revela.

O economista alega motivos pessoais, desgaste e acrescenta que a mudança faz bem para a Administração Municipal. “O tempo em alguns cargos gera desgaste pelas situações do dia a dia”, relata.

Leia também

Cé salienta que a ideia é trabalhar nos próximos meses nesta transição de forma saudável, sem prejudicar o trabalho da pasta. “Quando aceitei ser secretário da Fazenda eu preciso completar a minha jornada, e não sair de uma hora para a outra. Tudo isso vai ser bem pensado e estruturado para que aconteça de uma forma bem tranquila, e também em valorização ao servidor que me acompanha por todo este tempo.”

Prefeito confirma saída

Em resposta à reportagem da Rádio Independente o prefeito Marcelo Caumo afirma que este não é um assunto novo, pois Cé já demonstrou essa vontade mais vezes. “Faz parte do que ele defende e acredita. É uma pessoa super competente e tem uma bela trajetória pela frente. É a sequência natural da vida”, destaca.

Caumo diz que, assim como aconteceu com outros secretários que deixaram o governo, não vai procurar substituto antes da confirmação. “A saída dele vai acontecer antes do fim do meu mandato. Isso é certo. Mas cabe a ele decidir quando. Tomara que possa seguir conosco por mais tempo”, declara.

Guilherme Cé é filiado ao partido Novo e foi um dos articuladores das campanhas de Caumo ao lado do pré-candidato a deputado estadual e ex-secretário municipal, Douglas Sandri. Cé diz que sua decisão não está diretamente ligada à pré-candidatura da vice-prefeita Gláucia Schumacher à deputada estadual. “É algo que eu já vinha projetando há mais tempo.”

Guilherme Cé é titular da Fazenda desde 2017 – no início da primeira gestão de Caumo – e já teria comunicado sua intenção de saída antes das últimas eleições municipais, mas teria permanecido por conta da pandemia. A tendência é que fique no governo, pelo menos, até o fim de junho.

Atualmente a pasta possui 40 servidores, todos concursados. O titular da pasta ocupa o único cargo comissionado.

Texto: Rodrigo Gallas e Ricardo Sander
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui