“Há grande chance do óbito ter ocorrido devido a crise convulsiva”, diz o titular da secretaria da Saúde, o médico Tovar Musskopf, sobre a morte do bebê de um ano de idade, Guilherme Marinho da Silva. Ele explica que o caso poderá ser melhor avaliado após o recebimento do laudo da necropsia realizada pelo Instituto Médico Legal (IML).

Será verificado se foi alguma reação relacionada a uma doença que ele possa ter que era desconhecida, ingestão de medicamento ou pela crise convulsiva que ele teve na tarde desta segunda-feira (8).


Ouça a entrevista


Segundo Musskopf, as vacinas realizadas na segunda-feira (8) pela manhã, são do calendário nacional de vacinação e não tem nenhum histórico de provocação de morte, ou até mesmo, alguma complicação mais grave.

Guilherme morreu por volta das 21h desta segunda-feira (08), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lajeado.

Os pais de bebês que estão em escolas de Educação Infantil estariam receosos de aplicar vacinas nas crianças. Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Lajeado, Juliana Demarchi todas as vacinas são certificadas dentro dos padrões de qualidade e de estudos de possíveis eventos. Por isso, não devem ter preocupação na aplicação das vacinas.

Campanha de Vacinação: Lajeado vacinou 64% do público-alvo

Sábado é o “Dia D” da campanha de vacinação contra a influenza. Os Postos de Saúde do Centro, São Cristóvão, Montanha e Olarias, em Lajeado, estarão abertos neste sábado (29), das 8h às 17h, para realizar a aplicação da vacina.

Lajeado vacinou 64% do público-alvo. Fazem parte dele indígenas, crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, presidiários e funcionários de presídios, adolescentes que cumprem medida socioeducativa em liberdade e professores da Educação Básica até o Ensino Superior.

A vacina será liberada para o público em geral apenas quando for atingida a meta de aplicação da vacina no público-alvo, que é de 90%. Ou seja, a vacina pode não ser disponibilizada para a comunidade em geral. RG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui