Há pessoas que têm dificuldade para lidar com o próprio sucesso

Confira o comentário da jornalista, psicóloga e psicanalista clínica Dirce Becker Delwing.


0
Foto: Divulgação / Ilustrativa

Li ontem um conto do Caio Fernando Abreu intitulado “A morte dos girassóis”. Caio Fernando Abreu, escritor gaúcho, falecido em 1996, aos 48 anos. Nesse conto, ele descreve que anoitecia quando ele estava cuidando do seu jardim. Nisso, ele viu um vizinho olhando para ele, o homem estava pálido, branco. Então, Caio disse “oi” e o homem ficara mais pálido ainda. O vizinho então disse que teria recebido a informação de que Caio teria morrido na semana anterior. Caio pensou em dizer algo como: morri sim, isso que você está vendo é uma aparição, voltei porque não consigo me libertar do meu jardim.


ouça a participação

 


 

Sem contar o desfecho dessa conversa com o tal homem, Caio dá continuidade ao conto dizendo que tem aprendido muito com o jardim, especialmente com os girassóis. “Girassol quando abre flor, geralmente despenca. O talo é frágil demais para a própria flor, compreende? Então, como se não suportasse a beleza que ele mesmo engendrou, cai por terra, exausto da própria criação esplêndida”.

É interessante pensar nisso. Há pessoas que não suportam seu próprio sucesso. Todas as vezes que chegam ao topo, acabam fazendo algum movimento para ter que começar de novo. Há pessoas que feito o talo do girassol, despencam quando “chegaram lá”, quando conseguiram vencer, como se diz. Por conta disso, passam a vida nessa repetição – construo, desmancho, recomeço.

Se você se dá conta de que, todas as vezes que chega no alto da montanha, acaba despencando, é hora de buscar uma ajuda profissional (psicólogo, ou psicanalista). Bem possível, em decorrência de alguma vivência passada, você não se considera merecedor do lugar que conquistou, ou talvez você não consegue se responsabilizar pelos efeitos das suas conquistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui