Heinze protocola projeto para desobrigar vacinação contra Covid-19 em crianças

Projeto de decreto legislativo do senador gaúcho pede a suspensão de uma nota técnica do Ministério da Saúde que obriga imunização de crianças entre seis meses e 5 anos


0
Foto: Divulgação

O senador gaúcho Luis Carlos Heinze protocolou um projeto de decreto legislativo que propõe a suspensão da nota técnica do Ministério da Saúde, que tornou obrigatória a vacinação conta a Covid-19 em crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade. O pedido do parlamentar para que a decisão seja revista tem como justificativa a retirada do direito de escolha dos pais, segundo Heinze.

Ele destaca ainda a necessidade de um amplo debate legislativo sobre o tema. Em fevereiro, o Senado Federal foi palco de uma sessão de debates técnicos, que abordou a obrigatoriedade da vacinação para o público infantil, com a presença de especialistas. Na ocasião, o Ministério da Saúde não compareceu e não mandou representante para o debate.

O senador gaúcho ainda destaca que o projeto protocolado por ele não significa uma oposição à vacinação como ferramenta de saúde pública. “É um chamado ao diálogo, à transparência e ao respeito pelas liberdades individuais”, completou. O Ministério da Saúde ainda não se manifestou sobre o tema.

Já o virologista e professor da Universidade Feevale, Fernando Spilki, aponta que a luta deveria ocorrer no sentido contrário, para ampliar a vacinação, tanto para Covid-19 como para outras doenças infantis.

O especialista reforçou a necessidade de promover esforços para evitar a queda na cobertura vacinal registrada no país.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui