Higienização do ambiente é fundamental para evitar contaminações com alimentos

Limpeza superficial com detergente não é suficiente para eliminar micro-organismos


0
Jaine de Oliveira Simonetti (Foto: Gilson Lussani)

Um dos maiores causadores de intoxicações é a falta de higienização do ambiente onde os alimentos são manipulados. A contaminação microbiológica não é eliminada somente com o uso superficial de detergentes na pia ou nas bancadas utilizadas para o preparo das refeições. Os utensílios também devem ser trocados de forma constante e lavados da forma adequada quando forem reutilizados.

A gestora de processos para indústrias de alimentos, bacharel e mestra em ciência e tecnologia de alimentos e especialista em engenharia da produção, Jaine de Oliveira Simonetti, concedeu entrevista ao programa Panorama desta segunda-feira (5) e explicou que, após manipular os alimentos na pia ou na bancada da cozinha, é fundamental uma limpeza adequada do local. Além do detergente, que é utilizado também na lavagem da louça, o ambiente deve ser higienizado com um sanitizante.

O indicado é a uso de água sanitária ou álcool 70%. A gestora em alimentos relatou que somente o aproveitamento de detergente é insuficiente. Os micro-organismos provenientes da carne, por exemplo, vão para o ralo da pia ou ficam impregnados em áreas onde é utilizada cola. A utilização de água quente auxilia, mas quando a temperatura se aproxima dos 100º. Já a esponja deve ser descartada após três dias de uso, em média.

Os uso de utensílios devidamente higienizados também é importante. Jaine de Oliveira Simonetti sugeriu que tábuas de madeira para o corte de carne sejam trocadas por materiais de plástico ou de vidro. As ranhuras que ficam nas tábuas após o corte dos alimentos pode provocar a intoxicação. A mudança constante destes materiais é indicada. Assim como de esponjas e toalhas, que retém as bactérias que podem causar a intoxicação alimentar.

Outra sugestão é que a carne seja levada diretamente ao fogo ou ao recipiente em que será cozida. “A carne não precisa passar por esse processo de lavagem antes do preparo”, considerou. Até mesmo o alimento embalado à vácuo não precisa ser lavado.

Texto: Gilson Lussani
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui