História do Sushi

No quadro "Direto do Ponto" desta sexta-feira (10), o médico e culinarista Marcos Frank fala sobre a história do sushi e explica como fazer um bom arroz para sushi.


0
Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Como quase todas as boas e duradouras invenções da humanidade, o sushi foi inventado quase que por acaso, a partir de um problema que precisava ser resolvido: a conservação dos peixes.

Seguindo as técnicas desenvolvidas no Sudeste Asiático, a cabeça e as vísceras do animal eram retiradas, os filés do peixe cru eram salgados e acondicionados em um barril de madeira com camadas de arroz cozido entre eles. Com a fermentação natural do arroz, ocorria a liberação de ácido láctico, o que azedava o peixe e garantia sua conservação. O longo processo de armazenamento (de 1 a 3 anos), porém, tornava o arroz impróprio para consumo e somente o peixe era aproveitado.

Quando foi introduzida no Japão, no século VII, essa técnica sofreu uma pequena modificação: a utilização de pedras para prensar o peixe cru e o arroz. Assim foi criado o tipo de sushi Narezushi, que tinha o odor e sabor fortes como características.
Em seguida, no século XV, um tipo de sushi chamado Nama Narezushi foi criado.


ouça a participação

 


 

Basicamente, era o Narezushi com um período de fermentação menor (cerca de 1 mês), o que já permitia o consumo do arroz e do peixe juntos. Esta é considerada a primeira forma do sushi moderno.

A introdução do vinagre no preparo do arroz para sushi ocorreu no século XVII, em Edo (atual Tóquio) por um médico. Isto diminuiu o tempo de preparo do sushi para 1 dia. Com a fartura de pescados e frutos do mar na baía de Tóquio, o peixe passou a ser consumido cru e fresco. Além do ganho em tempo de preparo do sushi, o vinagre adicionou um sabor especial ao prato. Este tipo de sushi é chamado de Hayazushi.

No século XVIII surge aquele que é considerado o primeiro “sushiman” da história: Hanaya Yohei. Ele criou o tipo de sushi mais popular, o Nigirizushi. Um bolinho de arroz de sushi com uma fatia de peixe cru por cima, para consumo imediato, que podia ser manuseado com as mãos, dispensando os hashis. Como não havia refrigeradores, os peixes eram marinados em molho de soja ou vinagre e o tamanho era aproximadamente o dobro dos atuais. Logo depois com a vida agitada que tomava forma nas grandes cidades favorecia o estabelecimento de uma espécie de “fast-food”: as pessoas petiscavam na entrada dos estabelecimentos, nas ruas ou à beira de estradas. O estilo de sushi de Tóquio ficou conhecido como estilo Edo.

Em 1923, após a cidade de Tóquio ser atingida por um terremoto, muitos donos de quiosques alimentícios voltaram para suas regiões de origem e disseminaram a receita do sushi por todo o Japão.

Finalmente, no século XX, com a globalização, o sushi espalhou se por todo o mundo. Além do sabor, a preocupação do homem moderno com uma alimentação saudável fez do sushi um sucesso mundial

RECEITA DE ARROZ PARA SUSHI

Ingredientes

• 1 xícara arroz comum (SE USAR O ARROZ PARA SUSHI A PROPORÇÃO DE ÁGUA CAI PARA 1:1)
• 1 colher de chá de sal
• 1 colher de sopa de açúcar
• 3 xícaras de água fria
• 2 colheres de sopa de vinagre de arroz (ou vinagre comum mesmo, só que tem que ser branco)

Modo de Preparo

1. Lave muito bem o arroz em uma peneira até que a água corra límpida
2. Deixe o arroz descansar por 30 minutos
3. Coloque em uma panela a água, sal e o arroz
4. Tampe bem e leve ao fogo moderado até a água ferver
5. Ferva por 1 minuto em fogo forte e abaixe o fogo ao mínimo
6. Cozinhe tampado por cerca de 15 minutos
7. Apague o fogo e deixe o arroz descansar por 10 minutos em panela tampada
8. Enquanto aguarda, coloque em uma pequena panela o vinagre e o açúcar
9. Leve ao fogo baixo para que o açúcar dissolva
10. Reserve
11. Despeje o arroz cozido em uma assadeira e regue com a mistura de vinagre, misturando delicadamente com uma espátula e esfriando rapidamente o arroz preferencialmente com um leque ou abano
12. Faça os bolinhos de arroz e cubra com os peixes de sua preferência para o nigiri sushi, ou enrole em algas para hossomaki

*Frank posta suas receitas na página no Instagram hungryp2020.

Médico e culinarista Marcos Frank (Foto: Reprodução / Facebook)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui