Hospital Ouro Branco de Teutônia recebe equipamento de suporte respiratório

O Ventra é homologado pela Anvisa e foi desenvolvido pela empresa gaúcha Tramontina, com sede em Carlos Barbosa.


0
Diretor Osvaldo Steffani ao lado do Ventra, equipamento de suporte respiratório da Tramontina (Foto: Débora Zandonai / Divulgação)

O Hospital Ouro Branco (HOB), de Teutônia, foi uma das casas de saúde no Estado a receber a doação de equipamento de suporte respiratório desenvolvido pela empresa gaúcha Tramontina, com sede em Carlos Barbosa.

O Ventra é homologado pela Anvisa e foi desenvolvido pelas equipes técnicas, principalmente de eletrônica e construção de máquinas, ao longo dos últimos meses na fábrica instalada na Serra. O primeiro lote conta com 40 unidades.

O projeto nasceu em março, em meio à crise no norte da Itália, onde o sistema de saúde entrou em colapso. No Brasil, havia grande preocupação em relação a possível escassez de equipamentos para suporte respiratório.

“O cenário era de limitação na capacidade de produção nacional e muita concorrência, alto custo e longos prazos para importação. Reunimos um grupo multidisciplinar que estudou em detalhes os diversos esforços em andamento, incorporamos novas ideias e, por fim, chegamos à proposta do Ventra”, afirma o diretor da Tramontina à frente do trabalho, Osvaldo Steffani.

A equipe de engenheiros e técnicos opera em espaço exclusivo de 360m² criado no prédio técnico-administrativo da Tramontina S.A. Cutelaria (Foto: Débora Zandonai / Divulgação)

Suporte

O conceito envolve sistema mecânico automatizado, utilizado para ventilar pacientes em situações de emergência, que substitui o reanimador manual, com vantagens ligadas à simplicidade, baixo custo, fácil assepsia e disponibilidade no mercado.

A iniciativa também contou com o apoio de profissionais e estrutura do Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves, onde aconteceram os primeiros testes do protótipo. “Nossa intenção foi desenvolver um produto robusto e com tecnologia avançada, fazendo uso de eletrônica e mecânica de alta confiabilidade e precisão, não apenas algo improvisado para o momento de dificuldade, mas que apresentasse diferenciais importantes para sua categoria e finalidade”, complementa Steffani.

Testes técnicos de bancada também aconteceram no Laboratório de Eletromédicos do Labelo – PUC, que funciona junto ao Hospital São Lucas, em Porto Alegre. O equipamento também foi submetido a rigoroso ensaio de compatibilidade eletromagnética, em laboratório especializado de São Paulo. Laudos médicos atestando a eficiência do equipamento, dentro do escopo de uso foram possíveis por meio de testes clínicos no Hospital Tacchini e junto a um grupo multifuncional de Porto Alegre – que conta com profissionais do Hospital São Lucas, Hospital de Clínicas e HMV.

“O Ventra busca ser realmente um equipamento de suporte respiratório emergencial e transitório, podendo ser útil nas situações em que não há disponibilidade imediata de ventiladores de cuidados críticos, até que a situação seja solucionada”, finaliza Steffani. As instituições estão recebendo os equipamentos ao longo do mês de dezembro e os profissionais dos hospitais participam de treinamentos com a equipe da Tramontina.

Grupo multidisciplinar estudou em detalhes os diversos esforços em andmento, incorporando novas ideias e chegando à proposta do Ventra (Foto: Débora Zandonai / Divulgação)

Reconhecimento

A diretora técnica do HOB, Mariana Lucietto Piccinini Dezone, valoriza a escolha do hospital teutoniense para receber o equipamento. “O Ventra será muito bem-vindo, no intuito de garantir uma ventilação de emergência em pacientes críticos. Pode ser usado como suporte semicrítico ou crítico temporário na falta de um respirador. Essa colaboração faz-nos sentir reconhecidos como referência em urgência e emergência na região, evidenciando a importância de uma boa estrutura para essa finalidade. Agradecemos à Tramontina pela oportunidade e faremos bom uso.”

O presidente da mantenedora Associação Beneficente Ouro Branco (ABOB), Marco Aurélio Weber, fala em gratidão. “Como entidade comunitária que somos, a doação do Ventra, desenvolvido por uma empresa gaúcha, demonstra a sua inserção e compromisso com a sociedade. É com profundo sentimento de alegria e gratidão que recebemos esse equipamento. Em nome da Associação, nosso agradecimento à Tramontina por esse belo gesto.” AI/GH

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui