“Hoje estamos no limite”, afirma diretor do hospital de Encantado

Hospital Beneficente Santa Terezinha tem dois pacientes a mais do que sua capacidade de leitos instalados de UTI Covid.


0
Hospital Beneficente Santa Terezinha (Foto: Divulgação)

O Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, trabalha com superlotação de pacientes em leitos de unidades de tratamento intensivo (UTI). Na tarde desta segunda-feira (1º), eram sete pacientes em UTI, todos eles de fora de Encantado, sendo que a casa de saúde possui cinco espaços de UTI Covid. Na semana passada o hospital chegou a ter oito pacientes em UTI. O diretor administrativo, Evandro Evaldo Klein, explica que os internados com coronavírus são alocados em um espaço onde será a futura UTI geral, para 10 leitos.


ouça a entrevista

 


Klein ressalta que a instituição está trabalhando para atender aos infectados com a Covid-19. “Hoje estamos no limite”, afirma. “A a nossa capacidade está esgotada em dois leitos”, detalha. Apesar de já estar superlotado, o diretor afirma que, se necessário, seria possível atender até 10 pacientes em UTI. Porém, o hospital teria que fazer uma série de remanejamentos internos de pessoal e equipamentos.

O Santa Terezinha tem 10 respiradores atualmente, sete deles na UTI e três utilizados para atendimentos de urgência e emergência. Na clínica de internação são 18 leitos instalados. Todos eles estão ocupados com pacientes com sintomas gripais, incluindo casos suspeitos de Covid-19. No total, a casa de saúde tem 62 leitos, e tem ampliado os leitos clínicos para o atendimento de coronavírus conforme a demanda e o seu plano de contingência.

Para voltar sua estrutura à Covid-19, foram suspensas as cirurgias eletivas. “Não é tão simples conseguir ampliar esses leitos. Por isso a gente pede que as pessoas mantenham os cuidados, mantenham o isolamento, o distanciamento social, o uso de máscaras e higienização para frear esse contágio, que está em ritmo muito acelerado e está pressionando todos os serviços de saúde do estado e da região”, Klein destaca.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui