Hospital Bruno Born adia ampliação em cinco leitos na UTI Covid

A mudança havia sido anunciada no último domingo.


0
Foto: Reprodução / Arquivo

A direção do Hospital Bruno Born (HBB), de Lajeado, comunicou através de nota, na tarde desta terça-feira (28), que não irá aumentar o número de leitos de UTI Covid, como foi informado pelo vice-presidente da instituição, Marcos Frank, no último domingo (26) na live do prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo. A decisão leva em conta a “flutuação de números”, ou seja, a possibilidade de redução na ocupação e como consequência, leitos ficarem sem uso no setor.

No momento o HBB conta com 30 leitos de UTI, sendo 20 de UTI adulta geral e 10 de UTI Covid. Foi cogitada a possibilidade de ampliar para 15 os leitos específicos para Covid-19 e diminuir para 15 o número de leitos de UTI geral. No pico da internações, entre abril e maio, o HBB chegou a ter 18 leitos específicos para Covid-19. Caso necessário isto poderá ser feito.

Cabe ressaltar que os 30 leitos de UTI contam para a contagem do Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul, independente de ser específico para tratamento de Covid-19 ou não. Às 17h desta terça-feira, o HBB estava com os dez leitos de UTI Covid ocupados (100%). Eram sete pessoas com a doença e três com suspeita.Dessas dez pessoas, apenas cinco são do Vale do Taquari (quatro de Lajeado e uma de Teutônia).

Confira o  que diz a nota do HBB:

– A ampliação ou redução do número de leitos é dinâmica e poderá ser alterada de forma imediata, em caso de necessidade, em qualquer momento. Da mesma forma, se a instituição entender que não há necessidade, não ocorrerá alteração;

– Assim como poderão ser realocados leitos da UTI convencional para a UTI Covid, o inverso também poderá acontecer, de acordo com as necessidades de atendimento nos setores indicados;

– O HBB optou por adiar a ampliação em cinco leitos na UTI Covid anunciada no domingo por conta da flutuação de números: ou seja, há possibilidade de redução na ocupação, então a ampliação seria desnecessária e deixaria leitos sem uso no setor;

– O HBB segue o plano de contingência de expansão, definido no início da pandemia. AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui