Hospital de Campanha de Porto Alegre tem 100% de ocupação em leitos

Estrutura com 17 leitos foi montada para desafogar superlotação do Hospital Restinga


0
Foto: Guilherme Almeida

O hospital de campanha montado pelo Exército no bairro Restinga, na zona Sul de Porto Alegre, está com os 17 leitos ocupados por pacientes em tratamento contra a Covid-19. A estrutura em funcionamento desde o dia 19 de março serviu para desafogar um pouco a emergência do Hospital Restiga e Extremo-Sul que se encontra superlotada. O diretor-geral do hospital, Paulo Scolari, informou nesta quinta-feira que a estrutura seguirá sendo utilizado para leitos de internação. “Havendo necessidade os equipamentos da UTI poderão ser usados no hospital de campanha”, acrescentou. A situação do Hospital Restinga e Extremo-Sul é dramática, segundo Scolari, porque praticamente a instituição de saúde está atendendo somente casos de coronavírus. “Neste momento, estamos recebendo apenas casos de risco de morte para que possamos organizar o nosso sistema”, ressaltou. Scolari informou que tanto os pacientes internados no hospital quanto na estrutura de campanha montada pelo Exército não podem receber visitas de familiares e amigos. Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui