Identificada a mulher morta a facadas na manhã desta quinta-feira em Progresso

Conhecido da vítima, que estaria tentando ter um relacionamento com ela, é suspeito de ter praticado o feminicídio, na localidade popularmente conhecida como "Morro da Fumaça"


0
Foto: Arquivo Pessoal

Foi identificada pela reportagem como sendo Maria Ciloí da Silva Rodrigues (47) a mulher que foi morta a facadas no início da manhã desta quinta-feira (9), em Progresso.

Na ocasião, um conhecido da vítima, que estaria tentando ter um relacionamento com ela, é suspeito de ter praticado o feminicídio, na localidade de Santa Clara, popularmente conhecida como “Morro da Fumaça”.

Segundo informações do companheiro da mulher, ela foi até os fundos da residência tratar um suíno, quando teria sido atacada pelo suspeito. Vizinhos ouviram gritos. Após praticar o crime, o indivíduo fugiu do local, não sendo mais visto.

O Instituto Geral de Perícias de Santa Cruz do Sul foi acionado e se deslocou ao local do crime para os levantamentos necessários. O caso está a cargo da delegada Márcia Bernini Colembergue, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e que também responde pela delegacia de Progresso.

Após os levantamentos, o corpo de Maria Ciloí foi removido para necropsia no DML de Lajeado. MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui