Igreja Católica francesa oferecerá indenização às vítimas de pedofilia

Dinheiro para pagar as indenizações virá de um fundo gerenciado por um organismo independente que se encarregará de examinar as solicitações


0
Foto de arquivo mostra eucaristia com os bispos durante assembleia em Lourdes, na França, em abril de 2019. Eles se reunirão novamente no próximo 9 de novembro para definir como será realizada indenização às vítimas de pedofilia (Foto: Laurent Ferriere/AFP)

A Igreja Católica da França vai oferecer compensação financeira aos milhares de menores que foram vítimas de abusos sexuais cometidos por membros do clero desde os anos 1950, anunciou nesta sexta-feira (26) a Conferência Episcopal.

“A Igreja quer assumir sua responsabilidade perante a sociedade, pedindo perdão por seus crimes e falhas”, anunciaram os bispos franceses em uma entrevista coletiva, explicando que essa “contribuição econômica” será financiada por um “fundo” especial determinado por um “organismo independente que se encarregará de examinar as solicitações”.

Estima-se que desde 1950, 10 mil crianças e adolescentes podem ter sido vítimas de violências sexuais cometidas por membros da Igreja na França. Esse número foi informado do presidente da comissão independente que investiga a pedofilia dentro da maior instituição religiosa no país.

A comissão foi criada em 2018 pelo episcopado francês, após a repercussão de diversos escândalos no país. Em parceria com o Ministério da Justiça, uma linha telefônica foi colocada à disposição em 2019 para receber testemunhos de vítimas de todo o país. A estimativa foi feita a partir dos relatos.

Em fevereiro, a Conferência de Bispos da França reuniu 120 representantes ao longo de três dias para discutir a responsabilidade nos casos de pedofilia do passado.

Doações

Em 2019, a Igreja decidiu que iria indenizar financeiramente todas as vítimas de pedofilia na França.

Na ocasião, a Conferência dos Bispos da França decidiu que o dinheiro das indenizações seria obtido por meio de doações.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui