Ilha de La Palma ‘cresce’ mais de 3 km² com avanço da lava no mar

Superfície aumenta com lava que endurece quando entra em contato com a água do Oceano Atlântico. Tamanho foi calculado pelo programa de observação da Terra da União Europeia


0
Lava do vulcão atinge o mar na ilha de La Palma, nas Canárias (Foto: Saul Santos/AP)

A ilha espanhola de La Palma, nas Canárias, já “ganhou” 338 hectares (3,38 km²) de superfície — e continua a crescer —, conforme a lava do vulcão Cumbre Vieja flui para o Oceano Atlântico e endurece quando entra em contato com a água do mar.

O tamanho foi calculado pelo Copernicus, programa de observação da Terra da União Europeia, a partir de imagens de satélite. Elas mostram uma “língua em forma de D”, formada pela rocha derretida, se formando na costa oeste da ilha.

A lava incandescente chegou ao mar na noite de terça-feira (28), caindo de um penhasco na área de Playa Nueva, perto da cidade de Tazacorte, nove dias após o início da erupção do vulcão.

A boa notícia é que os ventos alísios, típicos das Ilhas Canárias, estão ajudando a dissipar as nuvens de vapor d’água e gases tóxicos que se formam quando a lava, a mais de 1.000º C, encontra o oceano (onde a água está a 22º C).

Mas autoridades estão em alerta porque a previsão do tempo indica que a direção do vento pode mudar nesta quinta-feira (30) e levar as nuvens tóxicas para dentro da ilha.

Preocupação das autoridades

O ácido clorídrico e as pequenas partículas de vidro vulcânico liberadas no ar podem causar irritação na pele, nos olhos e no trato respiratório, por isso autoridades pediram a moradores que selem as portas e janelas das casas.

A direção que o fluxo de lava pode tomar também preocupa. Ele ainda desce como um rio e cai de um penhasco no mar, mas o terreno irregular da ilha pode fazer com que a lava transborde de seu caminho atual e se espalhe para outras áreas, destruindo mais casas e terras agrícolas.

Ao menos 855 construções e 30 quilômetros de estradas foram destruídos até agora. Plantações de banana, que são a fonte de renda de muitos moradores da ilha, também foram destruídas ou danificadas pelas cinzas vulcânicas.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui