Imigrante brasileira morre abandonada no deserto dos EUA durante travessia, diz jornal

Familiares dizem que grupo a deixou no meio do deserto sem água nem comida. De acordo com relato ao jornal 'O Globo', coiotes disseram que retornariam para buscar a brasileira


0
Foto: Reprodução

Agentes de fronteira do estado do Novo México encontraram nesta semana o corpo de uma brasileira que tentava entrar clandestinamente nos Estados Unidos, informou o jornal “Deming Headlight” nesta sexta-feira (17).

Familiares da vítima confirmaram ao jornal “O Globo” que ela se chama Lenilda dos Santos, de 49 anos. Segundo relato da família, ela cruzou a fronteira dos EUA com o México mas ficou para trás, sem água nem comida em pleno deserto, porque estava cansada. O grupo teria prometido que voltaria para ajudá-la, mas isso não aconteceu.

Neste momento, ainda é verão no Hemisfério Norte, e as temperaturas no deserto do Novo México podem bater os 40°C. Lenilda ainda conseguiu se comunicar com a família por mensagens de celular, inclusive com compartilhamento de localização. Ela parou de responder e, então, os familiares pediram ajuda às autoridades do Novo México, estado no sudoeste dos EUA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui