Imigrante torna obrigatório o uso de máscara a partir desta terça-feira

No Vale, ao todo nove municípios adotam a medida.


0
Foto: Divulgação

Assim como outros oito municípios do Vale do Taquari, Imigrante torna obrigatório o uso de máscaras pela população. O decreto que determina a medida foi assinado nesta terça-feira (28), quando também entra em vigor.

Conforme o documento fica determinada a utilização de máscaras de proteção nos espaços de uso comum, públicos ou privados, tais como as vias públicas e praças, bem como nas diversas modalidades de transporte como forma de impor uma barreira física à disseminação de gotículas expelidas pelas vias aéreas evitando assim a transmissão comunitária da Covid-19.

“Primeiro fizemos um trabalho junto a todos os voluntários, costureiras, Cras e município para a confecção de máscaras; posterior distribuição a população e agora a obrigatoriedade. É um trabalho preventivo, uma vez que o Vale tem muitos casos e estamos preocupados com a situação. Vai passar, mas para isso o trabalho preventivo é muito importante”, explica o prefeito Celso Kaplan “Lelo”.

O não atendimento das medidas sujeitará o infrator a aplicação de sanções previstas na legislação municipal, além de sanções civis e penais. As máscaras poderão ser caseiras e confeccionadas manualmente em tecido duplo (algodão) ou TNT, desde que cobrindo totalmente a boca e o nariz, bem como ajustada no rosto e sem espaço nas laterais.

Também fica proibido o atendimento em qualquer estabelecimento público ou privado, comercial, industrial ou de prestação de serviços, de pessoas que não estejam utilizando máscara, estando o proprietário do estabelecimento sujeito a aplicação das penalidades administrativas e criminais, independente da responsabilização individual do cliente ou frequentador.

Texto: Rita de Cássia
redacao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui