Impactos socioeconômicos da pandemia devem aumentar índices de suicídios

Setembro Amarelo realiza ações de prevenção e orienta familiares e amigos sobre como identificar possíveis suicidas


0
Foto: Luan dos Santos

O Setembro Amarelo é o mês dedicado a ações de prevenção ao suicídio. Atividades visam orientar familiares e amigos sobre como identificar pessoas que tenham propensão a tirar a própria vida. O médico psiquiatra da Rede de Saúde Divina Providência, Rafael Moreno, concedeu entrevista ao programa Encontro Maior da Rádio do Vale e relatou que é mito a máxima de que quem diz que vai se matar não concretiza o ato. Estudos apontam que elas possuem três vezes mais chances de cometer o suicídio.


ouça a entrevista

 


Os impactos social e econômico decorrentes da pandemia devem aumentar os índices de pessoas propensas a tirar a própria vida. Moreno alertou que esta onda de doença mental está vindo, principalmente no momento em que a normalidade for restabelecida.

É importante que familiares e amigos identifiquem sinais de que a pessoa está com depressão, com ideias delirantes ou ansiedade. Uma das principais orientações é o tratamento médico, já que 90% das pessoas que seguiram as prescrições não cometeram suicídio.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui