Impasse entre PSDB e MDB no RS trava anúncio de Tasso como vice de Simone Tebet nas eleições presidenciais

Há no Rio Grande do Sul um choque de gerações no MDB entre os "cabeças brancas" e os "cabeças pretas"


0
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Último passo antes do PSDB e MDB selarem o acordo na eleição presidencial, a articulação entre os dois partidos no Rio Grande do Sul travou e os tucanos estão segurando o anúncio do senador Tasso Jereissati, do Ceará, como vice na chapa presidencial da senadora Simone Tebet, do Mato Grosso do Sul.

O primeiro movimento esperado é convencer o ex-senador Pedro Simon, decano do MDB, a dar uma declaração de apoio ao ex-governador Eduardo Leite, o que abriria caminho para a desistência do deputado estadual Gabriel Souza, pré-candidato do MDB ao Palácio Piratini.

Há no Rio Grande do Sul um choque de gerações no MDB. Os “cabeças brancas” do partido já sinalizaram que aceitam apoiar Leite e estão envolvidos na pré-campanha de Simone Tebet, mas resistem em pressionar Souza com receio de rachar o partido e se indispor com a militância. Os “cabeças pretas” do MDB gaúcho são liderados por Souza, que tem 38 anos e comanda o diretório estadual após vencer o deputado da velha guarda Alceu Moreira em uma disputa interna.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui