A importância da vacinação na terceira idade

Veja quais vacinas são recomendadas para os idosos.


0
Foto: Rodrigo Gallas

Devido às alterações imunológicas ocorridas ao longo do processo natural de envelhecimento, os idosos são mais suscetíveis ao surgimento de algumas doenças infecto contagiosas, principalmente as do aparelho respiratório. Quando hospitalizados, consomem maior quantidade de recursos e apresentam maior taxa média de permanência quando comparados a outros grupos etários.


Ouça a entrevista


Segundo o médico da família, Carlos Sandro Dorneles a vacinação em idosos está amplamente associada à redução das internações devido às doenças cardíacas, cerebrovasculares, pneumonia ou influenza e do risco de morte a elas relacionado. Assim, desde a inserção da vacinação contra gripe no calendário do Ministério da Saúde, observa-se uma importante modificação no perfil de morbimortalidade e na utilização dos serviços de saúde pela terceira idade.

A vacina oferecida na rede pública é a chamada “trivalente”, ou seja, protege contra três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1, A/H3N2 e influenza B). É de qualidade reconhecida internacionalmente e extremamente segura.

Há outras vacinas recomendadas para os idosos, que estão disponíveis pelo SUS. No entanto, elas tem um baixo índice de uso.

Veja quais são:

Tétano

Ferimentos que podem colocar em risco para o tétano não são raros. A maioria dos casos no Brasil ocorre em adultos. Isso acontece, principalmente, por conta da baixa adesão desse grupo à vacinação (deve ocorrer a cada 10 anos). Na rede pública, a vacina dupla do tipo adulto protege contra o tétano e a difteria.

Pneumonia / Pneumocócica

As doenças pneumocócicas são causadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, conhecida popularmente como pneumococo (principal agente causador de pneumonia no mundo). Mas, felizmente, ele pode ser prevenido por vacina. Na terceira idade, os riscos de pneumonia pneumocócica são mais elevados, porque o sistema imunológico já está naturalmente mais fraco. A médica ressalta que essa doença pode ser grave e até requerer cuidados específicos em unidade de terapia intensiva.

Uma pesquisa da Organização Pan-Americana de Saúde, incluindo 31 países da América Latina, mostrou que a Pneumonia Adquirida na Comunidade (PAC) é a terceira principal causa de morte entre as pessoas com mais de 65 anos.

Hepatite B

No Brasil, vem preocupando muito o número crescente de doenças sexualmente transmissíveis nos maiores de 60 anos. Por isso, a SBIm também recomenda considerar a vacinação contra a hepatite B para esse grupo.

Considerando que a população idosa está crescendo significativamente em todo o mundo (em 2050, a população global com mais de 60 anos será o triplo da atual), a imunização se faz ainda mais importante. Afinal, essa estratégia de prevenção é a mais eficaz, além de mais vantajosa economicamente. RG / Osaf.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui