Indicadores de maio apontam retomada do crescimento econômico do Rio Grande do Sul

Dados da Receita Estadual constam da 38ª edição do Boletim sobre impactos da Covid-19 na atividade econômica no RS


0
Foto: Fotos Públicas

Divulgada nesta segunda-feira (14) pela Receita Estadual, a 38ª edição do Boletim Sobre os Impactos da Covid nas movimentações econômicas dos contribuintes de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) reiterou a avaliação do governo gaúcho de há um cenário de retomada econômica no Rio Grande do Sul. Os dados são referentes ao mês de maio.

Conforme a publicação, os principais indicadores econômico-fiscais registraram desempenho positivo no quinto mês do ano. As análises consideram a variação frente a períodos equivalentes do ano anterior, de forma que os resultados são influenciados, neste caso, pela comparação ocorrer com um período fortemente afetado pela pandemia (maio de 2021 contra maio de 2020).

A arrecadação de ICMS apontou o décimo mês consecutivo de alta. Em maio de 2021, o resultado de R$ 3,53 bilhões foi 58,2% (R$ 1,3 bilhão) superior a maio de 2020, impulsionado pela base comparativa deprimida e por uma série de receitas extraordinárias que são fruto, entre outros fatores, de medidas implementadas pelo fisco gaúcho e da retomada da economia.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui