Infecção micótica mortal se propaga entre vítimas do coronavírus na Índia


0

Nova Délhi, na Índia, abrirá centros de tratamento de mucormicose para combater essa infecção mortal que está se espalhando entre os convalescentes da Covid-19 – anunciaram as autoridades da capital indiana nesta quinta-feira (20).

As autoridades nacionais anunciaram a detecção de milhares de casos de mucormicose, chamada de “fungo negro”, que os especialistas associam ao diabetes e às deficiências do sistema imunológico das vítimas do coronavírus. No mês passado, a Covid-19 deixou mais de 100.000 mortos no país. O governo ainda não conseguiu determinar, porém, quantas mortes foram devido à mucormicose desde que a segunda onda de infecções por Covid-19 começou há seis semanas. Especialistas médicos destacaram que encontraram um aumento nos casos na Índia nas últimas semanas, enquanto o Ministério da Saúde divulgou um informe sobre como tratar essa infecção fúngica.

Fonte: O Sul


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui