Inglaterra, onde 86% dos adultos já receberam ao menos uma dose de vacina contra a Covid-19, vai acabar com a obrigatoriedade da máscara

O governo acredita que o programa de vacinação conseguiu reduzir a quantidade de internações nos hospitais


0
Foto: Reprodução

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta segunda-feira (5) que a obrigatoriedade de máscara na Inglaterra vai acabar no dia 19 de julho. Outras regras para tentar minimizar o contágio por coronavírus no país, como a restrição a reuniões, a recomendação para que as pessoas trabalhem de casa e a necessidade de distanciamento também vão deixar de ser obrigatórias. As boates poderão reabrir, não haverá limite de capacidade em hospitais ou outros locais de tratamento de saúde.

O governo acredita que o programa de vacinação conseguiu reduzir a quantidade de internações nos hospitais, e que o serviço de saúde não ficará sobrecarregado. Os dados da saúde pública indicam que as vacinas são eficientes para prevenir a infecção mesmo por variantes do coronavírus. No Reino Unido, 86% dos adultos já receberam ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19.

A porcentagem daqueles que tomaram as duas doses é de 64%. Os dados são do próprio governo. O fim das regras para evitar o contágio não vale para todo o Reino Unido —Irlanda do Norte, País de Gales e Escócia ainda terão que observar as regras mesmo depois do dia 19 de julho.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui