INSS acumula 1,1 milhão de perícias e dará benefício só com atestado

Para reduzir a fila, governo federal quer implementar em 90 dias o exame a distância, mutirão e bônus de R$ 61,72


0
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) chegou a 1,1 milhão de perícias agendadas para os próximos meses, após a greve de funcionários e peritos médicos que durou quase dois meses. Para reduzir a fila, o governo federal anunciou um plano de atendimento. A expectativa é que, em 90 dias da implementação das medidas, os agendamentos para a realização de perícia médica já estejam normalizados.

A principal medida é análise documental com base em atestados médicos para afastamentos de até 90 dias. Ou seja, o segurado não precisará fazer a perícia presencial. Essa medida atenderá localidades com escassez ou falta de médicos peritos, com tempo de espera para perícia médica superior a 30 dias.

Uma portaria que estabelece as regras para a perícia a distância será publicada no Diário Oficial da União (DOU). As medidas foram definidas em reunião do Conselho Nacional de Previdência Social nesta quinta-feira (26).

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui