INSS de Lajeado retorna, mas peritos médicos federais não voltam ao trabalho

'Sem realizar a perícia meu pai não recebe e não tem permissão para voltar ao trabalho", diz Jéssica, filha de trabalhador que aguarda atendimento.


0
Foto: Júlio César Lenhard

No dia 18 de agosto, Jair Vilson Berstein teve um infarto, e por isso, teve que realizar uma cirurgia, o que lhe impossibilitou de voltar a trabalhar. Como o INSS estava fechado, o trabalhador resolveu ligar para o número 135 e utilizou o aplicativo do INSS para agendar uma perícia presencial, que estava marcada para ontem, segunda-feira (14). Apesar de agendada, a perícia não aconteceu pois os Médicos não voltam às agências.


OUÇA A REPORTAGEM

 


 

Foto: Jéssica de Jesus Steiner, filha de Jair Vilson Berstein

Segundo Jéssica de Jesus Steiner, filha do trabalhador que aguarda atendimento, uma funcionária orientou aqueles que estavam na fila, em frente ao INSS de Lajeado, que ligassem para o 135 e reagendassem a perícia. “Liguei seis vezes ontem e fiquei por horas no telefone e não consegui reagendar pro meu pai”, conta. Ao ajudar seu pai, a jovem percebeu dificuldades ao utilizar o aplicativo do governo. fala

A reportagem ligou para os três números do INSS de Lajeado que estão no site da instituição, mas nenhum atendeu. Após conseguir o celular do gerente da unidade do INSS de Lajeado, José Bozetti e lhe oferecer o espaço para explicar o fato, o responsável disse que não tem autorização para conceder entrevistas.

Parte das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomaram as atividades presenciais ontem, segunda-feira (14) em todo o país. As perícias médicas marcadas para esta segunda-feira foram canceladas na Agência do INSS de Lajeado. JA

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui