Inter pode fazer negócios de ocasião durante a pandemia

Clube cogita contratações de baixo custo e projeta vendas de atletas do grupo.


0
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Os jogadores que disputaram as primeiras partidas da temporada, ainda antes da paralisação das competições, formarão a base do time do Internacional até o fim do ano. Porém, algumas contratações, raras e de baixo investimento, poderão acontecer para o segundo semestre. Apesar das dificuldades orçamentárias, os dirigentes seguem atentos ao mercado à procura de alternativas.

A ideia é reforçar o time em mais uma ou duas posições, mas sem despender quantias importantes. Um jogador que se encaixa no perfil é Rômulo, volante brasileiro de 32 anos que fez a carreira na Itália. Ele, inclusive, tem dupla cidadania e foi convocado para a seleção italiana que disputou a Copa de 2014.

Rômulo nasceu em Pelotas e surgiu no Juventude. Depois, passou por alguns clubes brasileiros, entre eles o Cruzeiro, até transferir-se para a Fiorentina, em 2011. Depois, atuou pelo Hellas Verona, Juventus, Genoa e Lazio. Atualmente, está no Brescia, e seu contrato se encerra em 30 de junho deste ano.

A possibilidade de retorno ao Brasil e ao Inter agrada ao jogador. Para convencê-lo a reforçar o grupo à disposição de Eduardo Coudet, os dirigentes colorados devem propor o pagamento de luvas parceladamente. Rômulo, inclusive, tem interesse de voltar ao Rio Grande do Sul nesta fase da carreira.

Arrecadação com vendas

Além disso, o clube deve negociar um ou dois jogadores do elenco. É compromisso dos dirigentes arrecadarem pelo menos R$ 120 milhões em 2020 com a venda de atletas. Bruno Fuchs, zagueiro que assumiu a titularidade do Inter em 2020 mas destacou-se na Seleção Brasileira que conquistou uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, é observado por uma série de clubes europeus.

Pelo menos dois ou três grandes clubes têm interesse no jogador, entre eles o Milan e o Manchester City. Em entrevista ao Esporte Interativo no final de semana, Fuchs disse desconhecer qualquer oferta oficial por ele. Afirmou, entretanto, que tem o sonho de jogar na Europa um dia.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui