Investigação de caixa 2 envolvendo Onyx Lorenzoni será remetida à Justiça Eleitoral do RS

Ministros recusaram recurso para que caso permaneça na Suprema Corte, em razão da perda de foro privilegiado de Onyx


0

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal formou maioria para enviar a investigação de caixa 2 contra o ministro Onyx Lorenzoni (Cidadania) para a Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul.

Em julgamento virtual previsto para terminar na próxima segunda, os ministros Alexandre de Moraes e Rosa Weber acompanharam o relator do caso, Marco Aurélio Mello, negando recurso para que o caso permanecesse na Suprema Corte, em razão da perda de foro privilegiado de Onyx.

Com isso, o acordo de não persecução-penal que o ministro da Cidadania fechou com a Procuradoria-Geral da República pode ser enviado para homologação no juízo eleitoral de primeira instância.

Fonte: Correio do Povo


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui