iPhone 12 se torna o smartphone 5G mais popular do mundo

Modelo da Apple supera em quase quatro vezes o número de vendas do Galaxy Note 20 Ultra.


0
Foto: Divulgação / Apple

Em outubro a Apple lançou os novos modelos da linha iPhone 12, que vem fazendo bastante sucesso com os consumidores. Apesar do iPhone 12 Mini não ter conseguido alcançar um bom número de vendas, a empresa conseguiu dar a volta por cima e dominar o mercado mundial de smartphones 5G do mundo.

De acordo com dados da Counterpoint Research, apurados pelo portal Patently Apple, o iPhone 12 virou o queridinho dos consumidores no seu lançamento, superando modelos Android que já estavam a mais tempo no mercado.

Segundo o portal, o modelo base da linha foi responsável por 16% das vendas mundiais de celulares 5G do mundo em outubro, com seu irmão, iPhone 12 Pro, acumulando 8% de market share. Os modelos da gigante de Cupertino superaram, e muito, a concorrência, a terceira posição ficou com o Samsung Galaxy Note 20 Ultra, que teve apenas 4% do mercado.

Além da procura grande por smartphones já suportando a nova rede 5G, outro fator que foi crucial para os novos modelos da Apple foram as promoções. Diversas operadoras norte-americanas aproveitaram o lançamento para fazer promoções especiais com os modelos.

A Apple também realizou um lançamento bastante amplo, com um lançamento ocorrendo em um total de 140 países, que com certeza ajudou a empresa a alcançar o maior número possível de compradores. Essa presença global foi fundamental para o sucesso dos modelos, que tiveram uma forte demanda inicial em mercados como a China e o Japão.

Os próximos meses devem continuar bons para a empresa, segundo o relatório, a demanda para os modelos iPhone 12 deve permanecer forte durante todo o quarto trimestre de 2020, principalmente por causa do natal.

Ano que vem a empresa pretende ir ainda mais além, segundo rumores, a Apple pretende aumentar sua produção, com supostamente tendo pedido a fornecedores que aumentassem a produção em 30% durante o primeiro trimestre do ano.

Esse pedido tem um motivo, a empresa não quer ter problemas com o início das vendas do iPhone 13, que deve ser lançado em setembro. Com a fabricação do modelo atual e os da nova geração, a Apple pode estar batendo seu recorde de modelos enviados às lojas.

Caso esses 30% resultem também na quantidade de aparelhos fabricados, a gigante de Cupertino pode estar planejando igualar sua marca de 2015, quando produziu um total de 230 milhões de aparelhos.

Com isso, espera-se que a marca mantenha a popularidade das vendas do iPhone 12 durante um bom tempo do ano que vem. Mas também se preparando para um lançamento amplo dos novos iPhone 13, que devem vir em até quatro variações.

Fonte: Mundo Conectado

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui