O calendário para pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) 2017 se encerrou no início do mês. Na região, a inadimplência chega a quase 10%. Para chegar a esse número, a 13ª Delegacia da Receita Estadual, com sede em Lajeado, calcula os dados relativos a 43 municípios, a maioria do Vale do Taquari. Taquari é a cidade com o menor percentual de pagadores no Vale, com 78,9% de motoristas em dia com o fisco.

Na sequência, aparecem Fazenda Vilanova e Tabaí. Em contrapartida, a cidade com maior percentual de acerto do IPVA é Coqueiro Baixo, com índice de 96,21%. Em seguida, estão Sério e Forquetinha. Nas 43 cidades analisadas no relatório, o total arrecadado com o imposto chega a R$ 91 milhões. Em Lajeado, 89,3% do total de pagadores quitaram o imposto.

No Estado, o IPVA fechou com uma inadimplência de 21,06%, chegando a R$ 1,979 bilhão. O contribuinte que não pagou o IPVA 2017 na data certa terá multa de 0,33% ao dia sobre o valor do imposto não pago, até o limite de 20%. Depois de 60 dias em atraso, terá acréscimo de mais 5% e terá o nome lançado em dívida ativa. Além disso, o proprietário que for flagrado nas barreiras, previstas para ocorrerem a partir de junho, com o IPVA atrasado terá custos que poderão ir além de colocar em dia o imposto. CP

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui