IR 2021: 869.302 contribuintes caíram na malha fina

As restituições de declarações que apresentam inconsistência são liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão, ou após o contribuinte apresentar comprovação de que sua declaração está correta


0
Quase 870 mil contribuintes caíram na malha fina do Imposto de Renda 2021 (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Quase 870 mil contribuintes caíram na malha fina do Imposto de Renda 2021, segundo informou nesta quinta-feira (30) a Receita Federal. Segundo o órgão, foram entregues 36.868.780 declarações este ano. Destas, 869.302 declarações foram retidas em malha – 2,4% do total de documentos entregues. Entre as declarações retidas, 666.647 são declarações com imposto a restituir; 181.992 com imposto a pagar, e 20.663 com saldo zero.

A Receita informou os principais motivos de retenção na malha:

41,4% – omissão de rendimentos sujeitos ao ajuste anual (de titulares e dependentes declarados);

30,9% – deduções da base de cálculo (principal motivo de dedução – despesas médicas);

20,0% – divergências no valor de IRRF entre o que consta em Dirf e o que foi declarado pela pessoa física;

7,7% motivados por deduções do imposto devido, recebimento de rendimentos acumulados, e divergência de informação sobre pagamento de carnê-leão e/ou imposto complementar. Para saber se está na malha fina, os contribuintes também podem acessar o “extrato” do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).

Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui