Irã acusa Israel por ataque contra instalação nuclear

País diz ter sido alvo no domingo de um ato de 'terrorismo antinuclear' na planta de Natanz e prometeu 'vingança'. Irã tinha inaugurado novas centrífugas no complexo no dia anterior


0
Foto de satélite mostra a instalação nuclear iraniana de Natanz em 7 de abril de 2021. Irã diz que complexo nuclear iraniano foi alvo de 'terrorismo' (Foto: Planet Labs Inc. via AP)

O Irã acusou Israel nesta segunda-feira (12) de estar por trás do ataque contra o complexo nuclear de Natanz e prometeu vingança. A imprensa israelense diz que o Mossad é responsável pelo ciberataque.

Um dia após classificar o ataque de domingo (11) como “terrorista”, o país confirmou que centrífugas de enriquecimento de urânio foram danificadas, sem dar detalhes do estrago causado.

O incidente ocorreu um dia após o Irã acionar novas centrífugas no complexo Chahid-Ahmadi-Rochan de Natanz, apesar de a ampliação da capacidade nuclear ser proibida pelo acordo firmado em 2015.

O apagão acrescenta uma nova incerteza nos esforços diplomáticos para tentar salvar o acordo nuclear, do qual os Estados Unidos saíram em 2018.

A declaração do porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Saeed Khatibzadeh, é a primeira acusação oficial contra Israel pelo ataque, que cortou a energia no complexo nuclear.

“A resposta para Natanz é se vingar de Israel”, afirmou Khatibzadeh. “Israel receberá sua resposta por seu próprio caminho”, disse o porta-voz iraniano sem detalhar a ameaça.
Israel não assumiu diretamente a responsabilidade pelo ataque, mas a imprensa israelense diz que o apagão foi causado por um ciberataque “devastador” orquestrado pelo país. A emissora pública Kan disse que o Mossad (o serviço secreto do Estado de Israel) estava por trás do ataque.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta segunda-feira (12) que não permitirá que o Irã consiga construir armas nucleares e o país continuará a “se defender” contra agressões iranianas.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui