Israel volta a bombardear Gaza após EUA pedirem ‘desescalada’

Apesar do pedido dos EUA, que é o principal aliado de Israel, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que estava 'determinado' a continuar ofensiva


0
Unidade de artilharia israelense dispara contra alvos na Faixa de Gaza, a partir da fronteira israelense, na quarta (19) (Foto: Tsafrir Abayov/AP)

Israel voltou a promover uma onda de ataques aéreos na Faixa de Gaza nesta quinta-feira (20), matando pelo menos um palestino e ferindo vários outros. Na quarta-feira (19), um ataque aéreo matou um deficiente físico, sua esposa grávida e a filha de 3 anos. Os ataques ocorrem após o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pedir uma “significativa desescalada para encaminhar um cessar-fogo” com o Hamas, que controla Gaza.

Apesar do pedido dos EUA, que é o principal aliado de Israel, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que está “determinado” a continuar ofensiva “até que seu objetivo seja alcançado”. Foi a primeira divergência pública entre os dois aliados desde o início dos confrontos, o que complica os esforços internacionais para chegar a um cessar-fogo.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui