“Jamais tomaremos uma decisão em função de pressões”, afirma Eduardo Leite

Governador do RS afirma que abertura ou fechamento do comércio segue números e estudos científicos.


0
Foto: Reprodução / Facebook

O governador Eduardo Leite afirmou em sua live desta quarta-feira (6), “jamais tomaremos uma decisão em função de pressões, sejam elas quais forem”. Segundo ele, as decisões são embasadas e conduzidas a partir da ciência, dos estudos científicos e grupos técnicos, para entender o que está acontecendo, fazer as projeções e assim, ter medidas restritivas na proporção do que for necessário, no local e no momento em que for necessário. “Por isso, desenvolvemos esse novo modelo de distanciamento controlado. Não é a pressão de alguém por abrir, ou a pressão por fechar, são os dados objetivamente estabelecidos e tecnicamente respaldados que compõe a nossa lista, a nossa matriz de riscos, e que vai conferir a uma região a bandeira amarela, laranja, vermelha ou preta”, destaca.

Ainda conforme Eduardo Leite, no caso de Lajeado e Passo Fundo o que o governo se dispôs a fazer, considerando a excepcionalidade do momento de transição para um novo decreto, foram definidas as regionalizações, mas não foram definidos os protocolos que deverão ser obedecidos em cada uma das bandeiras. As equipes estão estudando no assunto e devem apresentar detalhes ao governador nesta quinta-feira (7). O novo decreto do Estado do Rio Grande do Sul, completo, deve ser concluído até esta sexta-feira (7).

“Como estamos nesse período de transição, nos dispusemos, observando que há novidades nas regiões de Lajeado e Passo Fundo, por terem novos leitos agregados e isso conta para a definição do nível de risco”. No que se refere a Lajeado, foi identificado que tinham quatro leitos a mais privados disponíveis, que não estavam lançados no sistema. “Pedimos que se gerasse um novo mapa com essas informações. Mas, o que deve ficar claro é que não vamos gerar mapas até que apareça a cor que o prefeito ou algum grupo de empresarial quer. Estamos abrindo essa exceção de fazer gerar esse mapa, porque estamos na transição e também considerando que tem o Dia das Mães. Não queremos que o comércio seja prejudicado numa data importante, mas os dados é que vão dizer se é possível fazer a abertura”.

A partir do novo decreto, a mudança de bandeira será sempre aos sábados – não haverá alteração durante a semana. Será rigorosamente cumprido, estabelecendo uma regularidade.

Essa foi a pergunta da repórter Natalia Ribeiro enviada ao governador Eduardo Leite

Lajeado teve ontem, terça-feira (5), recorde de casos de Covid-19, com 24 infecções novas em um único dia. Hoje, quarta-feira (6), já são mais oito, totalizando 157 testes positivos. Ao mesmo tempo há entidades do município pedindo a reabertura do comércio a partir desta quinta-feira (7), para as vendas do Dia das Mães. Mesmo com os dados crescentes e negativos, o Estado poderá flexibilizar as regras no município? 

Confira a resposta no vídeo abaixo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui