JBS de Bom Retiro do Sul inicia obra de ampliação da fábrica com aumento na produção e geração de novos empregos

Empresa recebeu nesta quarta-feira (26) a licença da Fepam. Investimento é de R$ 14 milhões com construção de dois pavilhões e 310 toneladas a mais de alimentos


1
Após entrega da licença foi feita uma visita nas obras da empresa (Foto: Júlia Machado / Fepam)
Evento ocorreu na sede da empresa em Bom Retido do Sul na manhã desta quarta-feira (26) (Foto: Gabriela Hautrive)

Um processo que iniciou em 2020 pela JBS, através de sua unidade em Bom Retiro do Sul, solicitando uma licença ambiental para ampliação da estrutura e melhorias no local, foi concluído na manhã desta quarta-feira (26), após a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) entregar a Licença Prévia para que a empresa possa seguir com o projeto de ampliação da fábrica, dando início nas obras de dois novos pavilhões de 700 m² cada.

Conforme a presidente da Fepam, Marjorie Kauffmann, o momento representa o resultado de um alinhamento das legislações: estadual e federal. “Trabalhamos arduamente no Código Estadual de Meio Ambiente, melhoramos os procedimentos de licenciamento e hoje conseguimos entregar uma licença com tempo recorde de 38 dias de análise”, relata.


OUÇA A REPORTAGEM 

 


Ato reuniu membros dos governos estadual e municipal, além de representantes da empresa JBS (Foto: Gabriela Hautrive)
Prefeito de Bom Retiro do Sul, Edmilson Busatto, presidente da Fepam, Marjorie Kauffmann, e o secretário do Estado, Luiz Henrique Viana (Foto: Gabriela Hautrive)

O processo passou por uma aprovação dentro do Conselho Estadual de Meio Ambiente. Segundo a presidente, a licença começou a ser feita em novembro do ano passado e ficou adaptada a poucos dias, com a empresa já iniciando a obra de ampliação na última segunda-feira (24). “Podemos já ver as gruas, o que mostra o tamanho da ansiedade da empresa em executar o investimento, então fizemos questão de vir com uma comitiva do Estado para comemorar essa nova etapa, que com certeza, vai fazer diferença para o empreendimento e a região”, pondera.

Após a finalização das obras será feita uma nova vistoria pela Fepam, que seguirá acompanhando o andamento dos trabalhos e permitirá que uma licença de operação seja incorporada na planta do empreendimento. A entrega também contou com a presença do secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Luiz Henrique Viana, que destacou a importância do empreendimento a nível estadual, dizendo que a ampliação da JBS possibilita melhorias não só para a empresa como também para população. “Quando nós geramos condições para que uma empresa possa aumentar sua produção, seu número de empregados, sua contribuição para o município e para o Estado, nós estamos melhorando a vida das pessoas”.

O licenciamento ambiental é um procedimento necessário para a continuidade do projeto que prevê um total de R$ 1,7 bilhão em melhorias nas unidades da JBS no Estado. O anúncio dos investimentos por parte da empresa aconteceu no mês de abril com a participação do governador Eduardo Leite. Em Bom Retiro do Sul, conforme o prefeito Edmilson Busatto (PL), serão destinados R$ 14 milhões em investimento, com 75 novas vagas de emprego, que se somam aos 530 funcionários do local, e aumento da produção em 310 toneladas de linguiça por mês, sendo que o total de alimentos produzidos na empresa é de 4 mil toneladas.

“O mais importante de tudo para o município é o investimento acontecendo na unidade porque significa uma segurança de permanência da empresa aqui. Por ser uma planta antiga, aconteceu que muitas vezes falaram que eles iriam embora, mas temos uma produção com mão de obra muito qualificada aqui em Bom Retiro do Sul”, diz o chefe do executivo. O prefeito também agradeceu a atenção e importância que o Governo do Estado está dando para o empreendimento.

Autoridades puderam conhecer os espaços em uma visita ténica no local (Foto: Júlia Machado / Fepam)

“Todo o trabalho, desde a Fepam, secretários, fazendo com que a gente perceba atenção do Governo do Estado e o desenvolvimento econômico ao nosso Estado”. A empresa atua em 25 municípios e conta com 18 mil colaboradores em todo o Rio Grande do Sul. É uma multinacional de origem brasileira, reconhecida como uma das líderes globais da indústria de alimentos. Com sede na cidade de São Paulo, a Companhia está presente em 15 países, com mais de 250 mil colaboradores.

Outros investimentos

A JBS está presente em Bom Retiro do Sul desde 2014 e já implementou outras melhorias  em sua operação local. A partir dos novos aportes, a fábrica, que conta com cerca de 550 colaboradores, deve ampliar em mais de 10% o número de funcionários. No último mês, a JBS anunciou um investimento de R$ 1,7 bilhão em sete de suas plantas no Rio Grande do Sul. Os aportes serão alocados no triênio 2021-2023 e permitirão à Companhia criar novos 2,7 mil postos de trabalho no entorno de suas operações.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui