Jornalista do Vale detalha diferenças entre restrições adotadas por Pernambuco em comparação com o RS

A jornalista e ex-colaboradora do Grupo Independente Natalia Ribeiro reside, atualmente, em Recife, capital de Pernambuco.


0
Foto: Natalia Ribeiro
Jornalista Natalia Ribeiro

A jornalista e ex-colaboradora do Grupo Independente Natalia Ribeiro reside, atualmente, em Recife, capital de Pernambuco. Em participação no programa Redação no Ar desta quinta-feira, Natalia contou particularidades do modo de enfrentamento à pandemia no estado do nordeste brasileiro.

Conforme ela, em Pernambuco, não há um modelo baseado em bandeiras, e o governo local chama a restrição atual de “quarentena mais rígida”.


ouça a participação

 


 

Desde o começo da pandemia, foram dois fechamentos: um no começo da pandemia, na região metropolitana da capital, com rodízios de carros, e agora em março. O segundo fechamento durou de 18 até 31 de março, e neste 1º de abril, os serviços não essenciais puderam voltar às atividades.

As praias, que foram fechadas para a circulação em desde 18 de março, foram reabertas neste novo mês. Natalia explica que as grades foram retiradas, e o banho individual foi permitido. Já guarda-sol e comercialização de alimentos e bebidas à beira da praia está vedado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui