Jornalista do Vale residente da Irlanda detalha diferenças culturais no enfrentamento à pandemia

Na Irlanda, que está com as restrições mais duras atualmente, não é obrigatório utilizar máscara nas ruas. Segundo Eggers, população tem a cultura de seguir as determinações do governo.


1
Eduardo Eggers é natural de Pavera (Foto: Tiago Silva)

O jornalista Eduardo Eggers, que reside na Irlanda há cinco anos, está na região em visita a parentes e amigos próximos neste fim de ano. Natural de Paverama, Eggers atuou no Grupo Independente como repórter por mais de seis anos antes de fixar moradia na Europa. Em entrevista ao programa Troca de Ideias desta segunda-feira (28), ele falou sobre as diferenças entre os dois países – Brasil e Irlanda – no enfrentamento à pandemia de coronavírus.


ouça a entrevista

 


Conforme ele, na Irlanda se tem cinco níveis de restrições. Atualmente, o país está no nível 5, o mais restritos, com os casos de Covid-19 em elevação. Neste estágio não é possível fazer visitas domiciliares a amigos e parentes, o cidadão não pode sair de seu condado, restaurantes e bares ficam fechados. Já as lojas funcionam com grandes restrições.

Casamentos e funerais podem ser realizados com, no máximo, seis pessoas presentes.
Eggers explica que não é obrigatório a utilização de máscaras na circulação pela rua. A exigência ocorre somente para locais fechados, como estabelecimentos.

O jornalista diz que na Irlanda eles não se referem a isolamento social, e sim a restrição de movimentos. A multa para o desobedecimento às normas pode passar de mil euros em casos extremos. Conforme Eggers, o povo irlandês tem, por cultura, a prática de seguir as determinações. “Existe um certo respeito bastante grande em relação às decisões do governo”, observa.

Ele explica que para quem viaja ou retorna ao país – como é seu caso –, não é obrigatório apresentar teste negativo para covid. Porém, se não mostrar, a pessoa tem que cumprir isolamento de 14 dias.

1 comentário

  1. Feliz de ver o crescimento pessoal e profissional do Eduardo (Dudu). E incrível e espantosa a diferença de cultura e educação dos irlandeses em relação aos brasileiros. Será que um dia chegaremos a esse nível?

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui