Juliette estreia documentário na Globoplay no dia 29 de Junho

O projeto também passa por suas escolhas profissionais e os rumos que a levaram ao “Big Brother Brasil”, e reserva espaço para uma de suas paixões: a música


0
Foto: Divulgação

Como muita gente já previa, o Globoplay anunciou, nesta sexta-feira (18), no programa Mais Você, o lançamento do documentário original sobre Juliette para o dia 29 de junho.

Ao longo de seis episódios, que serão publicados semanalmente, a série documental revela a origem de Juliette no interior da Paraíba, sua relação com a família e amigos e momentos difíceis que mudaram sua trajetória, como a perda de sua irmã mais nova, vítima de um AVC aos 17 anos.

A obra, que tem direção geral de Patricia Carvalho e direção de Patricia Cupello, adentra a biografia da paraibana que virou um fenômeno no Brasil. O projeto também passa por suas escolhas profissionais e os rumos que a levaram ao “Big Brother Brasil”, e reserva espaço para uma de suas paixões: a música.

Juliette revela que está curiosa para ver o resultado. “Quando soube do interesse da Globoplay em fazer um documentário sobre minha trajetória, eu mal pude acreditar! Nem nos meus maiores sonhos poderia imaginar uma coisa dessas, minha gente. Na verdade, eu ainda não me acostumei totalmente com essa ideia (risos)”, contou. Juliette, inclusive, contou que já tem o projeto como seu novo xodó.

“É claro que fico muito honrada com o projeto, confesso que curiosa também. Só pelas imagens que tem sido captadas desde o momento que saí da casa, até depoimentos que sei que estão sendo colhidos, vem muita coisa por aí, heim?! Agradeço o carinho da equipe de pessoas incríveis que tem produzido esse projeto. Já vejo como meu xodó”, comemora.

À frente da produção, Mariano Boni, diretor de gênero de Variedades da Globo, explica sobre o formato. “Os Estúdios Globo começaram em 2018 a fazer um tipo de documentário que não era feito antes e a gente comemora o sucesso que esses novos produtos estão tendo entre o público. Nossa equipe está muito animada com o desafio de fazer agora um sobre a Juliette”, disse.

“Esses documentários são exemplos das oportunidades que estão surgindo cada vez mais nesse panorama multiplataforma, em que a TV aberta, os canais por assinatura e o streaming se combinam e multiplicam o alcance das histórias que gostamos de contar para os brasileiros”, acrescentou.

Fonte: Ofuxico

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui