Justiça destina cerca de R$ 300 mil ao sistema de segurança de Lajeado

Foram contemplados projetos e programas com caráter essencial à segurança pública, à saúde ou de cunho assistencial.


0

Na tarde desta terça-feira (10) o juiz de Direito em substituição da Vara de Execuções Criminais de Lajeado, Luís Antônio de Abreu Johnson, acompanhado do promotor de justiça Sérgio Diefenbach, anunciou a destinação de R$ 299.986,66 para cinco entidades do sistema de segurança do município. A verba é oriunda da conta das penas alternativas. Das 18 entidades cadastradas, 14 apresentaram projetos para receber o recurso. A prioridade era para instituições que auxiliam na ressocialização de apenados.


OUÇA A REPORTAGEM


Foram contemplados projetos e programas com caráter essencial à segurança pública, à saúde ou de cunho assistencial. Uma das entidades que recebeu o recurso foi o Conselho da Comunidade de Assistência ao Apenado do Presídio Estadual de Lajeado. O valor solicitado pelo grupo foi de R$88.585 e que foi deferido, sendo a única entidade a ter o pedido totalmente aceito.

Presidente da Comunidade de Assistência ao Apenado do Presídio Estadual de Lajeado, Leandro Schierold (Foto: Caroline Silva)

O presidente do Conselho, Leandro Schierold, diz que esta era uma verba bastante esperada durante o ano e que a ideia é, junto com a prefeitura, construir uma fábrica dentro do presídio de Lajeado. “Além de fornecer mão de obra para os apenados do regime fechado, a fábrica vai voltar em forma de trabalho para a comunidade, já que eles poderão fazer meio-fio de calçada, calçadas, concreto, e dependendo também outros serviços para a população”, explica.

 

Conforme o doutor Johnson, a verba é histórica em Lajeado. “É mais uma destinação de verbas das penas alternativas para auxiliar os órgãos de segurança pública, especialmente o sistema prisional, e isto vem sendo histórico no município”, destaca o juiz.

Entidades contempladas:
Presídio Estadual de Lajeado – R$ 144.522,00
Instituto Penal de Monitoramento Eletrônico da 8ª DPR: R$ 699,00
8ª Delegacia Penitenciária Regional – R$ 8.342,10
Conselho da Comunidade – R$ 88.585,00
Alsepro (Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública) – R$ 57.838,56

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui