Justiça determina recuperação da ERS-332 entre Arvorezinha e Anta Gorda

Decisão que envolve a ERS-332 atende pedido do Ministério Público.


0

Atendendo a pedido do Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul, o Tribunal de Justiça (TJ) determinou que o governo do Estado e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) façam uma série de melhorias na rodovia ERS-332, entre os municípios de Arvorezinha e Anta Gorda.

A ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Bárbara Pinto e Silva para que fosse feita a recuperação total da pista de rolamento, da sinalização horizontal e das placas às margens da estrada foi julgada procedente no último sábado (4), pela juíza de Direito Eveline Radaelli Buffon. A magistrada determinou, em consonância com o MP, que os requeridos apresentem cronograma de obras com dotação orçamentária suficiente e façam a limpeza da vegetação ao longo do trecho. Cabe recurso da decisão.

As investigações realizadas pela Promotoria de Justiça de Arvorezinha dão conta de que a ERS-332 está em péssimas condições de conservação, dificultando a trafegabilidade dos motoristas, além de colocar em risco a vida de quem trafega pela rodovia. O trecho, cheio de buracos, está com as placas de sinalização cobertas por vegetação – que inclusive avança na pista de rolamento. Gasta pelo tempo, a tinta que divide as pistas não está mais visível. A preocupação da promotora de Justiça é de que a neblina dificulte ainda mais a trafegabilidade, pois o trecho é de serra, com curvas acentuadas. MP


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui