Justiça determina suspensão do corte de luz de idosa que utiliza respirador após ter sequelas da covid no RS

Idosa de 79 anos é portadora de fibrose pulmonar e precisa de concentrador de oxigênio domiciliar 24 horas por dia. Juíza decidiu que município e estado devem arcar com custos, pois a vida da paciente depende do aparelho, e que Eletrocar deve manter fornecimento de energia


0
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil / CP

A juíza Caroline Subtil Elias, do Juizado Especial da Fazenda Pública Adjunto de Carazinho, no Norte do estado, determinou, na sexta-feira (8), que a Centrais Elétricas de Carazinho (Eletrocar) suspenda o corte de luz de uma idosa de 79 anos que utiliza um concentrador de oxigênio domiciliar 24 horas por dia.

Ela desenvolveu fibrose pulmonar, que se agravou após ter Covid-19, e precisa do aparelho para respirar. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) informou que “ainda não foi notificada e aguarda a intimação para analisar o caso”.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui