Justiça Federal em Lajeado condena grupo que roubava agências dos Correios

Entre as ações estão os roubos em Bom Retiro do Sul e Teutônia, em 2018.

0
Foto: BM

A 1ª Vara Federal de Lajeado condenou cinco pessoas acusadas de formarem grupo criminoso destinado ao roubo de agências dos Correios no Rio Grande do Sul. Unidades de Bom Retiro do Sul e Teutônia sofreram com a ação da quadrilha. A sentença, publicada no dia 7 de novembro, é do juiz Andrei Gustavo Paulmichl.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou os cinco homens por associação criminosa. Conforme o MPF, em 10 de setembro de 2018, três deles, em conjunto com outros indivíduos não identificados, entraram na agência de Bom Retiro utilizando armas de fogo e roubaram mais de R$ 47 mil. Eles fugiram num carro furtado. Além disso, na manhã do dia 24 de outubro do ano passado, a agência de Teutônia foi atacada, também em conjunto com outras pessoas não identificados. Neste local foram roubados cerca de R$ 3 mil. Os outros dois denunciados foram identificados participando dos assaltos executados em outras agências e integrariam a organização. Em suas defesas, três réus sustentaram a ausência de provas para suas condenações.

O magistrado concluiu que restou comprovado a autoria, dolo e materialidade das práticas criminosas. Ele julgou parcialmente procedente a ação condenando dois homens por associação criminosa a pena de reclusão de 2 anos e 3 meses e 2 anos e 9 meses de prisão.

Já os outros três réus foram condenados também pelo crime de roubo às duas agências a pena de reclusão que varia de 22 anos e 6 meses a 27 anos e 1 mês em regime fechado.

A sentença ainda manteve as prisões preventivas decretadas. Os cinco homens não poderão recorrer da decisão em liberdade. MS/Justiça Federal

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui