Justiça suspende eleições no Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul

Polícia Civil cumpriu buscas na casa e no sítio do ex-presidente Manoelito Savaris, em Caxias do Sul. O objetivo é investigar suspeitas de desvio de recursos repassados à uma empresa por fundação ligada ao MTG


0
Foto: Divulgação

O Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul (MTG) informou, nesta terça-feira (30), a suspensão por tempo indeterminado das eleições para para a nova composição do Conselho Diretor e da Junta Fiscal da entidade.

A medida ocorre em razão de decisão judicial no âmbito de investigações sobre possíveis irregularidades nas contas do MTG e da Fundação Cultural Gaúcha no período de 2012 a 2019, segundo a entidade. A apuração ocorre a partir de denúncias de irregularidades apresentadas ao Ministério Público (MP) do Estado envolvendo a TV Tradição.

De acordo com o MTG, a Polícia Civil deflagrou operação com mandados de busca e apreensão nas residências de sócios e ex-sócios da TV Tradição nesta terça-feira. Um dos alvos da ofensiva ocupou a presidência do MTG em parte do período investigado e concorre novamente ao cargo nas eleições de 2021. Nesse sentido, eventual resultado da eleição poderia prejudicar as investigações. Inicialmente, as eleições no MTG estavam marcadas para o dia 27 de fevereiro.

Na mesma data, o decreto que instituiu a bandeira preta dentro do modelo de distanciamento social em todo o RS entrou em vigor, o que acabou adiando o pleito no MTG. Desde então, a entidade vem avaliando semana a semana a possibilidade de uma nova data para o trâmite, aguardando uma melhora no modelo de distanciamento.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui