Laboratório da Univates esgota lote promocional de testes da Covid-19 em quatro dias

Foram aplicados 500 testes rápidos ao custo de R$ 40 cada.


0
Exames com desconto levavam 15 minutos para ficarem prontos (Foto: Natalia Ribeiro)

Com estrutura clínica para atender a todas as demandas que possam emanar da comunidade e de entidades públicas e privadas, o Laboratório de Análises Clínicas (LAC) da Univates tem se colocado como importante espaço na detecção de doenças no Vale do Taquari. Por isso o relevante trabalho que vem prestando durante a pandemia da Covid-19. Por dia são realizados de 250 a 300 testes do novo coronavírus. Buscando expandir a oferta, um lote promocional foi disponibilizado.


OUÇA A ENTREVISTA


Em quatro dias, 500 testes rápidos do pacote com preço diferenciado foram aplicados. Esta modalidade de coleta, que utiliza uma gota de sangue de um dos dedos do testante, demora cerca de 15 minutos para ter o resultado. A procura dos interessados surpreendeu a universidade. “Entendemos que, por sermos comunitários, tínhamos de oferecer isso às pessoas e não só para as instituições”, destaca o professor e diretor de Serviços em Saúde da Univates, Jairo Hoerlle.

Cada teste foi aplicado ao custo de R$ 40. A divulgação começou na última quarta-feira (26), com a previsão de a campanha seguir até o dia 4 de setembro – ou até quando durasse o estoque. Na tarde da última segunda-feira, dia 31, já não havia testes à disposição. A Univates avalia se irá repetir a ideia em outro momento.

Em lotes comuns, os testes rápido e o sorológico, o último através de coleta venosa, custam R$ 150 cada. Já o PCR, que identifica o vírus, custa R$ 350. Profissionais da saúde pagam R$ 120 e R$ 310, respectivamente. Há descontos para empresas. Independentemente do resultado, todos são registrados, segundo Hoerlle. “O coronavírus exige uma comunicação compulsória para a Vigilância Epidemiológica. Tanto positivos, quanto negativos, tem de ser registrados no site do governo, E-Sus”.

Professor e diretor de Serviços em Saúde da Univates, Jairo Hoerlle. (Foto: Natalia Ribeiro)

Três motivos fizeram com que o LAC disponibilizasse o preço promocional. “Um deles é que nós, como instituição comunitária, queríamos colocar à disposição das pessoas o que já fizemos para as prefeituras, secretarias de saúde e hospitais, numa condição sem que houvesse ganho da nossa parte –neste caso até com perda do valor, mostrar que estamos à disposição para todas as áreas e fazermos experimentos de divulgação nas redes sociais, o que foi fantástico”, explica Hoerlle.

Há duas formas de realizar os testes do novo coronavírus na Univates, seja com agendamento pelo site www.saudeunivates.com.br e no WhatsApp 9 9541-1660 ou presencialmente, no laboratório, no Prédio 16 da Univates. O atendimento ao público de segunda a sexta-feira ocorre das 6h30 às 18h30 e aos sábados das 7h às 12h.

O LAC ainda atende perfil bioquímico e glicêmico, exames de sangue, amostras biológicas, imunológicas e virais. Foi criado em 2011, para atender as demandas de pesquisa da universidade. Cinco anos depois, em 2016, a estrutura foi reorganizada a fim de prestar serviços de análises clínicas para o Ambulatório de Especialidades Médicas da Univates e, em 2018, passou a suprir também demandas dos exames periódicos dos funcionários da instituição e de conveniados. Tem o título de primeiro laboratório no RS com certificação de ensino e atendimento ao público.

Texto: Natalia Ribeiro
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui