Problemas estruturais, fissuras, acúmulo de água e presença de insetos devem obrigar a remoção da estatua, o Laçador, inaugurada em 1958 para uma restauração preventiva.

O Laçador não corre risco iminente de danos, mas o especialista indicou que a manutenção é essencial para garantir a preservação da estátua. Sem data programada, ainda, ele deve ser retirado do local, nas proximidades do aeroporto, e transportado deitado para a área do restauro.

O Monumento ao Laçador foi definido por lei municipal, em 1992, como símbolo oficial da cidade de Porto Alegre. A estrutura feita de bronze pesa mais de três toneladas e fica em um pedestal de granito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui