Lajeadense comemora 109 anos em um dos momentos mais delicados de sua história

Clube e a patrocinadora Cooperativa Languiru doaram 2,5 mil litros de leite para entidades.


0
Foto: Éderson Moisés Käfer / Divulgação

O Clube Esportivo Lajeadense completa 109 anos nesta quinta-feira (23) em um dos momentos mais delicados de sua história, em função da crise que ronda o Estádio Alviazul com a chegada da pandemia do novo coronavírus. “É um momento em que as comemorações são totalmente diferentes de tudo aquilo que a gente já viveu”, reconhece o presidente do clube, Alexandre Sebben.


ouça a entrevista

 


 

Atualmente, o Lajeadense mantém apenas quatro funcionários vinculados ao clube, que se desdobram para dar conta das atividades diárias no Alviazul. Os contratados do time profissional tiveram seus acordos suspensos e foram inclusos nas condições de Medida Provisória (MP) para receberem benefício do governo federal por 60 dias.

“Os atletas estão entendendo o momento em que o mundo está vivendo e o Lajeadense está passando. Então, todos entrando em acordo com o clube, todos eles vão entrar na MP do governo nos próximos 60 dias. Eles receberam o mês de março cheio. Abril e maio vai ser através da MP”, explica o presidente.

Sebben espera que as competições retornem em agosto, para dar um alívio financeiro para o clube. A expectativa é que os jogadores possam voltar aos trabalhos com bola entre 27 de julho e 1º de agosto. “A nossa fé, a nossa oração é que realmente volte em agosto”, confidencia. O Lajeadense está na Divisão de Acesso do Gauchão.

As categorias de base, esperança de um clube sem poder investir em grandes contratações, não têm perspectiva de retorno dos jogos. Alexandre Sebben acredita que a liberação deverá ocorrer quando as aulas das redes escolares forem liberadas.

Lajeadense e Languiru doam 2,5 mil litros de leite para entidades

O Lajeadense e a patrocinadora Cooperativa Languiru realizaram a doação de 2,5 mil litros de leite para cinco entidades assistenciais nesta quinta-feira (23). A sugestão dos locais beneficiados partiu de um dos clubes Rotary de Lajeado.

As doações foram encaminhadas à Vovolar, no Bairro Hidráulica; ao Lar de Idosos Tabita, no Bairro Conventos; à Associação Abrigo São Chico, no Florestal; e ao Centro Nora Oderich (Lar da Menina), no Bairro Conservas, todas de Lajeado. Também foi beneficiada a Casa de Passagem do Vale.

Lajeadense e Languiru decidiram em conjunto que parte dos recursos destinados ao patrocínio do clube seriam convertidos em doações a entidades que prestam relevantes serviços à sociedade.

“Meio frango”

A diretoria do Lajeadense promove no próximo sábado (25) mais uma edição do “Meio Frango”. A ação tem o objetivo de arrecadar fundos para a disputa do restante da Divisão de Acesso deste ano. Seguindo as orientações para combate à Covid-19, em uma parceria com o Grupo Scapini, os frangos poderão serão entregues na casa de quem fizer a encomenda. As entregas ocorrerão das 11h às 13h30 nos municípios de Lajeado, Arroio do Meio, Estrela e Cruzeiro do Sul.

O “Meio Frango” custará R$ 22,00 e também poderá ser retirado na sede da SER São Cristóvão, onde será assado. No local, a entrega será feita no sistema “drive-thru”, sem que as pessoas precisem descer dos veículos. As encomendas do “Meio rango” podem ser feitas com Leandra (51 9 8116-9811) e Aline (51 9 9616- 6468).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui